Artista constrói ônibus que faz mais flexões do que humano

Neste mês, todas as atenções estão focadas em uma única cidade europeia. Com as Olimpíadas prestes a começar, é natural que todos os holofotes estejam sendo direcionados a Londres e às centenas de atletas que chegam para dar início à maior festa do esporte. E a euforia é tanta que até mesmo os ônibus londrinos entraram no espírito olímpico.

O artista tcheco David Cerny decidiu fazer uma homenagem ao evento um pouco diferente. Em vez de criar uma obra tradicional envolvendo as diversas modalidades ou qualquer outra coisa mais convencional, ele optou por comprar um dos típicos ônibus que circulam pela capital inglesa e personalizou-o de maneira bem radical: colocando braços.

O mais engraçado de tudo é que o London Booster, como o ônibus foi batizado, realmente se movimenta. No entanto, não da maneira tradicional, mas fazendo flexões. Já imaginou como deve ser bizarro encontrar um gigantesco transporte público vermelho de seis toneladas se exercitando na sua frente?

Cada um dos enormes braços possui um motor elétrico que faz com que tenhamos um movimento bem realista da atividade física. Além disso, o artista se preocupou em colocar efeitos sonoros para simular o esforço e substituiu as janelas por telas que exibem imagens diferentes ao longo dos exercícios.

Em entrevista ao site britânico Metro, Cerny afirmou que deseja que o London Booster se transforme na mascote não oficial das Olimpíadas de Londres, que começam no próximo dia 27. E se você estiver de bobeira pela cidade inglesa e quiser conferir a obra de arte, basta visitar o QG da República Tcheca, em Islington — ou seja, uma motivação e tanto para os atletas.

Fonte: Metro, ChipChick